💉A VACINA É PARA O BEM DE TODOS💉

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF, suspende parte da portaria do governo que impedia demissão de trabalhador não vacinado. O Senador Humberto Costa havia entrado com projeto para derrubar portaria. Com a decisão, os empregadores poderão exigir o comprovante dos empregados e demitir quem se recusar a fornecer o comprovante.

——————–

💪SEGURANÇA GARANTIDA PARA O TRABALHADOR💪

Não se trata de agir contra a classe trabalhadora, pelo contrário: o direito coletivo se sobrepõe, nesse caso, ao direito individual. É fundamental que o empregador possa manter sua atividade econômica e garantir para seus empregados um ambiente de trabalho seguro.

A vacinação contra a Covid-19 está entre as medidas de saúde e segurança do trabalho, que precisam ser cumpridas por todos.

——————–

🧐GOVERNO  DESOBEDECEU  O  STF🧐

Bolsonaro trata as instituições brasileira como se ele fosse o ditador de um Brasilquistão.

O governo federal seguiu liberando verba para as polêmicas emendas de relator, o chamado orçamento secreto, mesmo depois da ordem da ministra do Supremo Tribunal Federal Rosa Weber mandando suspender a execução desse tipo de despesa de forma imediata e integral.

——————–

📝APARELHAMENTO  IDEOLÓGICO  NO  ENEM📝

A bagunça do Enem 2021 é a cara do governo Bolsonaro.

Nessa semana, 37 servidores do Inep pediram demissão de seus cargos por “fragilidade técnica e administrativa da atual gestão máxima”, além de episódios de assédio moral. Agora, vem à tona questões relacionadas a censura ideológica e proibição de determinados temas e pautas, numa flagrante patrulha do governo federal.

O Brasil reprova a visão de mundo estreita e limitada dos bolsonaristas.

——————–

👎FIM  DA  LINHA: BOLSONARO  REJEITADO👎

Todas as pesquisas divulgadas nessa semana apontam o crescimento da rejeição de Bolsonaro numa tendência que alguns analistas já consideram sem volta.

Levantamento com base em 300 votações apontou que o candidato que detém o cargo vence a eleição quando é aprovado por 40% do eleitorado. Se o apoio for de 30%, as chances desabam para 19% e, quando apenas 1/4 da população o avaliam bem, as chances de reeleição são de 8%. Esse é o caso de Bolsonaro. O parasita já pode ir fazendo as malas.

boulos_padre_julio_lanceloti